Por vários abraços
28/03/2012
Vou fugir, resistir, amar e escrever
09/05/2012

Vigor de um desejo

Talvez o vigor de um desejo seja apenas o desejo em si. Nada além! Pois se não ultrapassar este desejo genuíno, transforma-se em expectativa, e esta pode ser menor e menos intensa. O que seria de um desejo maior, cheio de pequenas e estruturantes expectativas?

Deve-se parar de desejar se o anseio final é uma mera expectativa? Deve ser grande o desejo, tal qual uma bomba em expansão do calor? Pode não ser tão controlado, tão restrito o desejo? Por essa razão começo a desejar menos ou suportar as pretensões de uma expectativa?

Acho que quero falar dos outros, de expectativas sobre os outros; para com os outros. Não se deve esperar algo de ninguém! Porque desejar do ser humano grandes obras sentimentais se eles só podem oferecer rabiscos de uma expectativa? Quero coisas grandes; quase irrealizáveis.  Quem pode me garantir o desejo realizado, com egoisticamente o idealizo?

Ou seria o desejo uma invenção tola que nem a Filosofia? Inventar uma forma de superar nossas frustrações para o pequeno, para o maior. Suportar todas as coisas sem desejá-las por completo. Talvez intentar contra o universo um plano conspiratório; colocar o peso de tudo nos astros como destinatários de nossa incompreensão. Pode ser?

O desejo é mero escopo do ser. “O desejo não se acaba com a morte”. O desejo se acaba com a morte? Se ele for bomba, calor, a luz se propagam pelas estrelas. Um anteparo afirmará se a Filosofia teve (tem) um objetivo; um desejo espalhado como energia não deve ter dimensões a se auferir. Desejo deve ser sem tamanho. O desejo de uma satisfação humana; ou melhor, daquela que procede do homem, não passa de mera expectativa. Mas ainda não sei se devo esperar ou deixar que minha energia se dissipe na culpa filosófica dos astros.

1 Comentário

  1. Serafim disse:

    O desejo, a fome, a expectativa, a inquietação, o egoismo…Coisas de humanos, acho. Gostei Roberto, você é d+.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *