Trilogia do Desejo

EXPERIENTIA


​ É a coletânea de minhas peças teatrais, abrangendo o período de experiência com o texto teatral, com a transposição de minha prática narrativa para a dramaturgia.

“Roberto Muniz Dias não é tão condescendente com seus personagens, do que pude ler – ‘Uma cama quebrada’, ‘Haraquiri’ e ‘A volta do cometa’ – seus personagens estão sempre deslocados emocionalmente, carregando fantasmas e fagulhas de um histórico nem sempre ameno e que volta em forma de memórias nefastas a devastar o momento presente. O autor se mistura com seus personagens essa é a primeira impressão, e isso é um risco, pois na tentativa de fazer valer suas idiossincrasias, o que se perde e o que se conquista? É uma pergunta em aberto, para quem sabe no futuro, alguém se proponha a mergulhar na obra de Roberto.”

Rodolfo Lima, é ator e jornalista, Mestre em Divulgação Cientifica e Cultural, pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pesquisa a intersecção do teatro com a homossexualidade, no projeto intitulado “Em busca de um teatro gay”.

Peças:

AS DIVINAS MÃOS DE ADAM (Peça premiada pela FCP – Prêmio Dalcídio Jurandir)

Adam saiu de casa para novas oportunidades numa cidade grande. De repente vê-se desempregado, sem o apoio da família, nem amigos. A beira do desespero, tentando se manter numa cidade prestes a engoli-lo vivo, procura por empego nos Classificados. Aceitou uma oportunidade de emprego um tanto quanto estranha. A caminho da provável entrevista de emprego, Adam repensa suas idiossincrasias, uma estável moralidade e o futuro. Diante da proposta de para se manter, arrisca-se nesta inusitada forma de ganhar dinheiro. Nos classificados lia-se: “Paga-se bem para desempenhar serviços sexuais [masturbação] a um cara cego e que não tem controle completo das mãos. Ambos os sexos” Adam se encontra diante deste homem, de seu passado e da sua real necessidade.

_________________________________________________________________________

RAROQUERER HARAQUIRI (Monólogo com inspiração no romance A TEIA DE GERMANO)

Germano, em seu isolamento artístico, simula um ritual metafórico de haraquiri. O teor de seu trabalho é resumido numa conversa consigo mesmo. O espaço se dá entre a coragem de ser expor e a covardia de finalizar seu trabalho. Mas poeticamente ele vai construindo sua memória afetiva do passado e a tentativa de encontrar o seu melhor texto. O que parece morte ou suicídio de um artista e sua obra, acabando redundando na reinvenção do ser.

_____________________________________________________________________________

A VOLTA DO COMETA (Pequeno musical)

Numa grande cidade cosmopolita, Victor tem uma conversa nada amistosa com seu passado, revivendo coisas ainda não resolvidas, e que talvez nunca tenha mais tempo para resolvê-las.

______________________________________________________________________________

BONECXS DESALMADXS (Libelo contra a “cultura” do estupro)

Jonas e Pedro são irmãos, que dividiram, na infância, os briquedxs entre si: uma boneca de pano, um soldadinho de chumbo e um boneco de madeira. (…) Chega o dia da transformação do Pinóquio.Em breve, assim como os outrxs brinquedxs, ele vai virar um humano. Mas ser um humano não é tarefa simples. Xs bonecxs têm suas histórias e os humanos, também.

______________________________________________________________________________

UMA CAMA QUEBRADA (Poliafetividade)

É um espetáculo livremente inspirado no livro “Urânios”, do escritor piauiense Roberto Muniz Dias, escrito em 2013. É uma tentativa de sintetizar o pensamento do escritor acerca da poliafetividade, da desilusão amorosa e da desconstrução dos desejos. A obra conta a história de uma personagem que viveu uma relação amorosa com outros dois homens. A narrativa é entrecortada pelas falas deste mesmo personagem em três tempos: o convívio, a separação e o diálogo inusitado com a figura misteriosa de um quadro. A peça se aventura nestas memórias de um amor nada convencional. Entre o presente e o passado, um quadro de um galo colorido o remete sempre a esta paixão inusitada. O amor entre estes três homens se intensifica à medida que não descobrem o que fazer com ele. No final, as identidades são esfaceladas pela lembrança, pelos medos, ciúmes e a morte das coisas vivas.

.

Livro disponível para compra on-line!